Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

A Secretaria de Saúde de Barra Mansa completou nesta quinta-feira (29), 100 dias do Plano Municipal de Imunização anti Covid. A data foi marcada pela continuidade dos procedimentos para impedir o avanço da doença no município. A primeira dose da vacina Astrazeca/Oxford foi administrada em professores com idade entre 55 e 59 anos moradores do município, além de pessoas portadoras de diabetes, com a mesma faixa etária. Profissionais da saúde que estavam agendados receberam a dose complementar do antígeno.

A vacinação ocorreu no Parque da Cidade em sistema drive thru. Já os pedestres foram imunizados em uma tenda estruturada no local com esta finalidade. Visando evitar aglomerações e manter a organização, a vacinação foi dividida em três horários: de 8h às 12h, para os nascidos entre janeiro e abril; de 12h às 16h, os nascidos entre maio e agosto e das 16h às 20h, os nascidos entre setembro e dezembro.

A professora Jane Dulce, de 59 anos, se declarou 50% feliz. “Os outros 50% de felicidade serão complementados com a segunda dose da vacina. Este é um momento único e de muita esperança, pois acaba com nossos medos e nos traz tranquilidade  e esperança”.

O fotógrafo Paulo Dimas de Almeida, de 57 anos, também foi beneficiado com a primeira dose do antígeno. Portador de diabetes, ele relatou já ter contraído a doença, mas temia uma nova contaminação. “Em menos de um mês perdi minha sogra e meu cunhado para a Covid-19. E embora já tenha sido contaminado pelo coronavírus, existia o temor sobre as variantes que estão surgindo. Me sinto feliz e grato por esta oportunidade. A vacina é a grande chance de vida da humanidade diante desta crise sanitária que afeta o mundo”, ressaltou.

Vacinação terá prosseguimento nesta sexta-feira, 30

O Plano Municipal de Imunização segue nesta sexta-feira com a vacinação de grávidas a partir da 16ª semana de gestação, autistas maiores de 18 anos, além de profissionais da educação atuantes diariamente nas escolas e diabéticos com idade de 55 a 59 anos.

A vacinação acontecerá no Parque da Cidade, seguindo os três horários pré-estabelecidos. É necessária a apresentação de documento de identificação, CPF, cartão do SUS, comprovante de residência. Pacientes diabéticos precisam apresentar laudo de comprovação da doença.

Os autistas serão atendidos em uma tenda específica. Os nascidos de janeiro a junho serão vacinados de 8h às 12hs; os nascidos de julho a dezembro, de 12hs às 16hs.  Os responsáveis precisam apresentar além da documentação exigida o laudo médico comprovando o autismo.  

Já as Gestantes necessitam apresentar o cartão de pré-natal acrescidos dos demais documentos.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook