Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Ás 21h22 o SBT fica na liderança no Estado Rio de Janeiro, ultrapassando o jornal Nacional da concorrente TV Globo. A transmissão da final do Campeonato Carioca entre Flamengo e Fluminense (ambos clubes do Rio), elevou a quantidade de audiência da emissora do empresário e apresentador Silvo Santos.

A pontuação da audiência nesta quarta-feira gerou briga entre as emissoras, fazendo com que a TV Globo alterasse sua grade programação. O desespero tomou conta da emissora da família Marinho ao ver que a final do Campeonato Carioca seria exibido pelo SBT. Temendo perder a liderança para o SBT na audiência, a Rede Globo fez alguns ajustes, além de alterar o filme do “Cinema Especial”, a emissora da família Marinho esticou a duração da novela “Fina Estampa” até às 22h50, segundo consta na grade enviada para a imprensa, com a duração maior, a trama ainda vai terminar 29 minutos mais tarde que o programado inicialmente.

Segundo informações dos bastidores da emissora que ganhou a transmissão da final do campeonato carioca, Silvo Santos vem aí rindo a toa (rsrsrs). Após 17 anos de jejum sem transmitir uma partida de futebol de clubes do eixo Rio-São Paulo, o SBT retorna ao universo das transmissões em rede nacional. A emissora negociou com o Flamengo a exibição da segunda partida da decisão do Campeonato Carioca, que está sendo exido nesta quarta-feira marcante de 15 de julho.

Nas Redes Sociais, seguidores do presidente Bolsonaro fizeram campanha para que todos estivessem ligados na transmissão do campeonato no SBT, um internauta disse: “Chupa #GloboLixo , #GloboEsgoto . Vou assistir só para DETONAR o jn“. Um outro seguidor do Twitter também expressa: “Não torço para nenhum do dois, mas deixo a TV ligada no SBT“. Segundo o canal @tvlizando a novela da Globo Fina Estampa está com 35 pontos em SP, enquanto a mesma leva uma surra do FLAxFLU no SBT no Rio de Janeiro.

Silvio Santos está determinado a romper o monopólio da Globo no futebol. A queda desenfreada da audiência da Globo pode ser pior com o fim do monopólio das transmissões dos campeonatos. A perda de patrocínios também tem gerado muitas perdas para a emissora da família Marinho, causando inclusive demissões. Para essa partida única, o SBT preparou um plano comercial de cinco cotas de patrocínio, com valor (de tabela) de R$ 7,9 milhões. A primeira delas já foi comercializada pela PicPay, que garantiu a presença na transmissão do jogo. É importante considerar que esse valor é o apresentado oficialmente ao mercado publicitário, mas é comum que descontos sejam concedidos na negociação. 

O retorno do futebol carioca à tela do SBT tornou-se possível após uma série de reviravoltas que vem acontecendo no âmbito dos direitos de transmissão de TV do esporte mais popular do País. O novo cenário teve início em 18 de junho, quando o presidente Jair Bolsonaro publicou uma Medida Provisória que altera a Lei Pelé, responsável pelas regras dos direitos de transmissão de futebol na TV. Antes, para exibir uma partida, era necessário que uma emissora firmasse contrato com os dois times que estariam em campo. Com a nova MP, o direito de arena passou a ser exclusivo do time mandante daquela partida.

Essa mudança da Lei aconteceu justamente na retomada do Campeonato Carioca, após meses de interrupção por conta da pandemia Covid-19. Como era o único clube, entre os disputantes do torneio estadual, a não ter firmado contrato com a Globo em 2020, o Flamengo interpretou a Lei como uma oportunidade para negociar os direitos dos jogos restantes do campeonato de forma independente.

Segundo informações do site Bastidores da TV, a pontuação do ibop no Rio ficou com o SBT na liderança, mais há quem diga que o órgão que gera essa pontuação parou durante a transmissão. Abaixo consta a grade de pontuação de audiência no Rio.

SBT 26.1
Globo 24.2
Record 5.8
TV Brasil 0.8
Band 0.3
RedeTV 0.1
CNT 0.1

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook