Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Criado no bairro de Água Santa, Zona Norte do Rio de Janeiro, Leonardo Santhos, diretor, dublador e produtor, começou fazendo faculdade de jornalismo, mas a paixão pela arte de dublar falou mais alto. Quando não está trabalhando, provavelmente está escrevendo contos de terror e fantasia, jogando videogame (passou a fazer gameplays ao vivo recentemente na Twitch), assistindo séries, lendo mangás ou gravando podcast sobre animes Epic Soda.

Leonardo Alves – Foto: Arquivo Pessoal

Formado em Artes Cênicas pela escola de Teatro Leonardo Alves (ETLA) e em Dublagem pela Escola de Rádio, seus trabalhos recentes de maior destaque são a direção de dublagem de Cobra Kai para Netflix e a direção de dublagem do anime Jujutsu Kaisen para Crunchyroll.  Leonardo também ficou conhecido pelos trabalhos: Goro em Darling in the Franxx, Blitzcrank, KogMaw e Velkoz em League of Legends, na tradução de Fórmula 1 (2013) e nas dublagens de vários jogos como Warface e Bravo Team.

Dublagem nada mais é do que a substituição da voz original de produções audiovisuais (filmes, séries, desenhos, games, etc.) pela voz, e também interpretação, de um ator no idioma de determinado país onde a obra está sendo veiculada. Atualmente o mercado de dublagem brasileiro é muito grande, pois além dos filmes no cinema, existem muitas séries, documentários, desenhos, games, entre muitas outras produções que necessitam de uma voz que caracterize seus personagens.

“Acredito que o que me levou a esse caminho foi não apenas o fato de eu gostar e consumir esse conteúdo desde a infância, mas também por ter me preparado ao longo dos anos absorvendo toda informação e oportunidade que me era passada. Pude juntar todo meu conhecimento seja com tradução, escrita ou interpretação e unificar no meu conceito de fazer dublagem”, afirmou Leonardo.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook