Caso Pastor George comoveu todo País – Segundo informações passadas ao Delegado, a Pastora estaria escondida na cidade Mineira

0
2290
Pastora Juliana Salles, mãe de Kauã e Joaquim, mortos no último dia 21 de abril em Linhares - Imagens: TV Record
Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Por Gisele Santana/Folha de MiraÍ

MINAS GERAIS – A pastora Juliana Salles, mãe de Kauã e Joaquim, mortos no último dia 21 de abril em Linhares, foi presa na madrugada desta última quarta-feira (20) de junho no município de Teófilo Otoni, em Minas Gerais.

Pastor Georgeval Alves e Pastora Juliana Salles na Igreja em que lideravam – Imagens: TV Record

Segundo a delegada Herta Coimbra, o mandado foi um pedido do Ministério Público do Espírito Santo. No momento da prisão até a delegacia a Pastora só chorava.

A pastora estava com o filho mais novo na casa de um pastor quando foi presa. O menino foi levado para o Conselho Tutelar.

Pastora Juliana Salles já presa no município de Teófilo Otoni, em Minas Gerais – Imagens: TV Record

O pai de Joaquim, e padrasto de Kauã, o pastor Georgeval Alves, está preso desde o dia 28 de abril, acusado de estuprar, agredir e assassinar as crianças. O crime chocou todo Espírito Santo e teve grande repercussão no país.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook