Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Visando proteger a saúde dos profissionais, melhor atender a população e evitar a proliferação do coronavírus (Covid-19), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de São João de Meriti – SAMU/SJM realizou nos dias 12 e 16 de março, treinamentos para atualização dos protocolos de transporte e de atendimento de pessoas suspeitas de estarem infectadas.

O novo coronavírus já é uma realidade no país e, em nosso estado, o governador Wilson Witzel decretou estado de emergência na última segunda-feira (16/3), medida que visa reduzir aglomerações e, por consequência, retardar a propagação do vírus. Entretanto, como as equipes de saúde não podem parar as atividades, treinamentos como esses são fundamentais.

Cerca de 60 profissionais de saúde tiveram aulas teóricas e práticas sobre como procederem durante o atendimento, desde o contato inicial com o paciente até a higienização das ambulâncias e equipamentos, assim como o descarte do material infectado.

O uso de equipamentos de proteção individual – EPI’s, foi tema central do treinamento, que aconteceu na sede do SAMU de São João de Meriti

(na Av. Presidente Lincoln 1050, Jardim Meriti). Juliana Dias, coordenadora de enfermagem do SAMU do município, explicou que as equipes estão em constante atualização, e que os treinamentos visam ajudar os profissionais a atenderem de forma segura os pacientes.

Os agentes foram habilitados para melhor identificar os casos suspeitos e prováveis, para que então o paciente possa ser conduzido até a unidade onde será atendido e serão realizados os testes para confirmação do Covid-19.

Protocolos sobre uso de máscaras, transporte do paciente com as janelas da ambulância abertas, higienização, uso de capote (avental) e outras orientações foram ministradas ao agentes. Após as aulas teóricas, eles passaram por um simulado, onde um dos membros da equipe de instrução se passou por um paciente de 65 anos, recém chegado de área endêmica e com sintomas do coronavírus.

O palestrante convidado, primeiro sargento bombeiro militar, Luiz Carlos Thiengo Santana, da Coordenadoria de Transportes Inter-Hospitalar do SAMU, informou que o serviço municipal é o único na cidade capaz de realizar o transporte dos pacientes que podem estar infectados, mas ressaltou que ainda não houve nenhum caso confirmado. “Em São João de Meriti ainda não temos referência direta de coronavírus até o momento”.

Ele informou ainda que se os protocolos não fossem adotados, a transmissão do coronavírus poderia ser ainda maior. Sobre o desencontro de informações e os alardes desnecessários ou mesmo mentirosos, como já vimos em nosso município, Thiengo recomenda que a população se informe através dos órgãos oficiais e não se baseie em redes sociais.

Para acionar as equipes do SAMU ligue 192.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook