Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Hoje, 29, foi registrado um terremoto de magnitude 6,4 na escala Richter, na Croácia. O tremor foi sentido às 08:30h (horário de Brasília) da manhã desta terça-feira e foi sentido na Eslovênia, na Hungria e na Áustria, além das cidades croatas de Sisak e Zagreb, esta sendo a capital do país, onde moradores assustados saíram às ruas.

Este foi o tremor mais forte que ocorreu no país neste ano, apenas um dia depois de outro tremor, de 5,2 graus, provocar danos em prédios em Petrinja. Segundo o primeiro-ministro croat, Andrej Plenkovic, uma criança veio a falecer.

Em Petrinja, muitas pessoas ficaram presas aos escombros, socorrista e bombeiros foram mobilizados para prestar socorro as vítimas. Com cerca de 20 mil habitantes, Petrinja ficou sobre escombros após o terremoto.

“Tenho medo, não posso falar com ninguém em casa, porque as linhas telefônicas estão mudas”, disse uma mulher de Petrinja à uma emissora de TV local.

A intensidade do tremor foi tão forte que ele foi detectado pelo INGV (Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália), que emitiu alertas em toda a costa do Mar Adriático, de Trieste a Abruzzo.

Por questões de segurança a planta nuclear eslovena de Krsko foi fechada e de acordo com  a agência de notícias STA, trata-se de um “procedimento normal em caso de fortes tremores.”

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook