Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

No próximo dia 29 “Dona Ivone Lara – O Musical” começa no Teatro Sérgio Cardoso sua temporada paulista, depois de grande sucesso no Rio de Janeiro. Escrito e dirigido por Elisio Lopes Jr. (em boa parte do processo com o auxílio luxuoso da própria Dona Ivone) o espetáculo traz como uma das protagonistas Heloisa Jorge, a Gilda de “A Dona do Pedaço”, novela das 21h da TV Globo – Dandara Mariana e Fernanda Jacob também interpretam a sambista, em diferentes fases.

Elisio Lopes Jr - (Foto: Carla Josephyne)
Elisio Lopes Jr – (Foto: Carla Josephyne)

Dona Ivone” é mais um exemplo do toque de Midas de Elisio.  Seja no teatro ou na TV, onde assina todos os programas estrelados por Lázaro Ramos, por exemplo. Ou no cinema – ele também é um dos roteiristas de “Medida Provisória”, filme de estreia de Lázaro como diretor.

 Também é ele que dirige “Tia Má Com a Língua Solta”, primeiro stand up estrelado por uma mulher negra e um sucesso nacional. Sempre emprestando seu toque único de inteligência e apresentando uma nova forma de abordar e exprimir a mais que necessária consciência negra.

Elisio é também um grande incentivador do “black money”, movimento nascido nos Estados Unidos e que prega que negros devem investir em empreendimentos que representem sua origem – e também privilegiar o consumo de iniciativas assim. Coisas que vão desde produções que discutem diretamente a causa negra até coisas como bonecas negras para crianças e produções milionárias, como o campeão de bilheteria “Pantera Negra“, que já rendeu mais de um bilhão de dólares. Enfim, produtos que representem os negros e incentivem sua estima, aceitação e empoderamento.

Roteirista de programas como “Espelho“, “Lazinho com Você” e “Esquenta“, diretor também de shows, como o que deu origem ao DVD de Ivete Sangalo “Acústico em Trancoso“, autor de “Trilogia da Noite“, entre outros livros, e Mestre em Comunicação Social pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Elisio é também um ativista ferrenho pela causa afro-brasileira.

O baiano radicado no Rio de Janeiro é o primeiro redator final negro da TV aberta brasileira e se especializou na construção de roteiros e espetáculos de entretenimento tendo a cultura negra como matriz criativa. Graças à sua atuação e conquistas, Elisio foi um dos finalistas do prêmio “Sim à Igualdade Racial” de 2018, na categoria “Raça em Pauta” – e assinou o roteiro da edição deste ano.

Heloisa – A atriz angolana, que mora no Brasil desde os 10 anos, também está no badalado projeto infantil “Viagens da Caixa Mágica”, com Lázaro Ramos e Jarbas Bittencourt.

Heloisa também está no longa “Sujeito Oculto”, de Léo Falcão, ainda sem data de lançamento definida. Recentemente também brilhou como apresentadora do Prêmio Sim à Igualdade Racial, cantando e dançando, além de apresentar a festa da representatividade. Filha de pai brasileiro e mãe angolana, graduou-se em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia. Vem realizando trabalhos em teatro, TV e cinema desde 2003. Fez parte do longa metragem “Capitães da Areia” dirigido por Cecília Amado. Logo em seguida integrou o elenco da minissérie “Gabriela” de Walcyr Carrasco, pela Rede Globo de Televisão. Nesse período teve o seu trabalho elogiado pelo autor:  “Há uma garota que, eu aposto desde já, será um grande sucesso: Heloísa. É uma grande atriz, ouçam o que estou dizendo!”. Proféticas palavras.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook