Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Durante muito tempo, os moradores de Queimados, na Baixada Fluminense, demonstraram que estavam insatisfeitos com a gestão vigente e buscavam uma “renovação” no quadro político do município.

Durante a campanha eleitoral de 2020, foram várias as especulações de quem seria o próximo gestor do município, que teve vários candidatos ao cargo, a maioria figurinha já conhecida. Glauco Kaiser, prefeito eleito do município, não estava entre os que poderiam ganhar a cadeira mas, para surpresa de muitos e decepção de outros, foi eleito com um número expressivo de votos, mostrando que realmente a população estava já “cansada” das figurinhas repetidas.

Queimados possue, atualmente, 151.335 habitantes, um PIB de R$ 370.398.982,00 e um IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de 0,680, segundo a última medição do IBGE, que é de 2010. O IDH vai de 0 a 1 – quanto maior, mais desenvolvida a cidade – e tem como base indicadores de saúde, educação e renda. A média no Brasil é de 0,765, segundo dados de 2019 divulgados em 15 de dezembro de 2020 pelo Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD).

Além do prefeito, 17 vereadores também já foram empossados no município e a Câmara de Vereadores tem um novo presidente, reeleito, o professor Nilton Moreira Cavalcante. Veja quem são os novos vereadores do município:

  • Eliezer Chagas, do Solidariedade, tem 38 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de policial militar e tem ensino médio completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio.
  • Ana Luz, do Republicanos, tem 53 anos, é casada, declara ao TSE a ocupação de dono de casa e tem ensino médio incompleto. Ela não declara nenhum bem como patrimônio.
  • Thomas da Padaria, do PTC, tem 27 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem superior incompleto. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 149.155,12.
  • Rafael Foquinha, do PTB, tem 40 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de servidor público municipal e tem ensino médio completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio.
  • Lucio Mauro, do PSL, tem 42 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de policial militar e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 33.000,00.
  • Wilsinho de Três Fontes, do PSDB, tem 34 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de comerciante e tem ensino fundamental incompleto. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 63.114,49.
  • João Pedro Lemos, do PSDB, tem 24 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de servidor público municipal e tem ensino médio completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio.
  • Prof Nilton Moreira Cavalcante, do PSDB, tem 62 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de professor de ensino fundamental e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 500.000,00.
    Paulo Barata, do PSD, tem 59 anos, é casado e tem ensino médio completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio.
  • Elerson, do PSD, tem 46 anos, é divorciado, declara ao TSE a ocupação de servidor público estadual e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 386.774,09.
  • Antonio Almeida, do PSC, tem 57 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de técnico contabilidade, estatística, economia doméstica e administração e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 446.906,08.
  • Julio Boi, do PSC, tem 40 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de servidor público municipal e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 150.000,00.
  • Tuninho Vira Virou, do PP, tem 62 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de vereador e tem ensino fundamental incompleto. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 65.000,00.
  • Paulinho Tudo a Ver, do Podemos, tem 56 anos, é casado, declara ao TSE a ocupação de vereador e tem ensino médio completo. Ele não declara nenhum bem como patrimônio.
  • Jefferson, do PDT, tem 45 anos, é divorciado, declara ao TSE a ocupação de empresário e tem superior completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 505.148,26.
    Rogerio do Salão Filho, do Cidadania, tem 27 anos, é solteiro, declara ao TSE a ocupação de padeiro e confeiteiro e tem ensino médio completo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 161.500,00.
    Cintia Batista, do Avante, tem 39 anos, é casada, declara ao TSE a ocupação de professora de ensino fundamental e tem superior completo. Ela não declara nenhum bem como patrimônio.

Novo prefeito toma posse mas sede da prefeitura ainda continua em ruinas

A construção da nova sede da prefeitura iniciou em 2010 ao custo de R$ 8.963.370,47. A construção da sede própria da Prefeitura de Queimados deve ter um custo R$ 16,5 milhões. Esta obra já deveria ter sido concluída, em 2015, e está parada há anos, embora todo o orçamento a ela destinado já tenha sido consumido. O ex-prefeito Carlos Vilela autorizou um novo contrato para concluir o prédio, com valor global de R$ 7.562.848,50, firmado com a empresa D R A Network do Brasil Serviços e Comércio, de propriedade do ex-vereador  Manoel Soares Belchior.

Os munícipes esperam que, com a nova gestão, a sede finalmente tenha suas obras concluídas e que não haja mais desperdício do dinheiro público.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook