Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Durante toda a semana passada, ouviu-se rumores de que os caminhoneiros iriam fazer uma paralisação para reivindicar melhorias e o cumprimento de promessas feitas na última greve, em 2018, como a diminuição de impostos em cima do diesel. Mas, até o momento, o que se vê são apenas pequenos bloqueios, nada comparado ao que ocorreu na última paralisação da categoria.

Lideranças dos caminhoneiros autônomos, transportadores de cargas, convocaram motoristas para uma paralisação a partir desta segunda-feira (1°), mas a categoria está dividida, o que torna a possível greve, fraca e sem adesão de muitos da categoria.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook