Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Uma senhora idosa de 74, era mantida em cárcere privado em uma residência em Guaratiba, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

De acordo com informações, além de ser mantida como prisioneira, Maria das Graças de Sousa Rodrigues pode ter tido sua aposentadoria recebida por terceiros de forma indevida. A idosa foi encontrada em situação de vulnerabilidade, muito magra e vestindo trapos. Ela contou que não tinha permissão para deixar o local – onde vivia trancada. Com as condições que a idosa foi encontrada, investigadores trabalham com a hipótese de que alguém se apropriava do dinheiro da idosa.

A responsável por manter Maria das Graças nessas condições, seria sua patroa, Therezinha da Silva Moraes, de 82 anos, que além de cometer tal atrocidade ainda a obrigava a dividir um espaço com cachorros.

Este é o local onde dona Maria vivia –  Foto: Divulgação

Foi a sobrinha da idosa, que vive no Maranhão, quem buscou ajuda para tentar localizar a tia no Rio de Janeiro. Encontrou em Leandra da Costa, que se prontificou em checa o endereço que Raquel tinha. A busca de Raquel pela familiar começou como uma promessa para agradar mãe, que sentia saudades das irmãs Maria das Graças e Maria de Nazaré, que deixaram o Maranhão em 1969 e nunca mais deram notícias.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook