Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.


O navio MV Shandong da ZHI, que está ancorado no Maranhão, foi posto em quarentena neste sábado, 15, após um indiano de 54 anos, tripulante da embarcação, ser diagnosticado com covid-19. O homem deu entrada em hospital da rede privada de São Luís, segundo nota divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde.

Ainda não se sabe se a infecção foi causada pela variante indiana do coronavírus, que médicos e cientistas afirmam ter maior capacidade de transmissão do que a versão original. Porém, a amostra coletada durante o teste será enviada para o Instituto Evandro Chagas, responsável por realizar o sequenciamento do genoma e confirmar se trata-se da nova variante. Além disso, toda a tripulação deverá passar por exames RT-PCR, os únicos capazes de detectar os doentes ativos, ou seja, que estão em situação de transmitir o vírus. Nesta semana, o governo do presidente Jair Bolsonaro decidiu proibir voos internacionais com origem ou passagem pela Índia, país que enfrenta recordes nos números de casos e mortes por Covid-19. A proibição se soma a restrições da mesma natureza relativa a voos do Reino UnidoIrlanda do Norte e África do Sul.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook