Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Por Guilherme Barros

Apoiadores do atual governo, realizaram neste domingo, 31/05, no Rio de Janeiro, manifestações  contra o STF, contra o Congresso e também aproveitaram para pedir o impeachment do governador Wilson Witzel, alvo de investigações por corrupção.

No ato alguns manifestantes tiveram que ser contidos por policiais e amanisfestação foi de muito ânimo exaltado. Um grupodo coletivo antifascista do Flamengo foi às ruas para fazer frente ao protesto pró-governo e gritar palavras de ordem contra Bolsonaro. Policiais usaram bombas de gás para reprimir estes manifestantes.

Grupos que são a favor do governo Bolsonaro se concentraram perto do Posto 5, vestidos de verde e amarelo, por volta das 10h da manhã. Durante o ato também haviam grupos a favor do governo de Donald Trump, estes levaram cartazes com a frase “Trump 2020”, e também havia pedidos de fechamento do STF (Supremo Tribunal Federal). Já um pequeno grupo vestido de preto, cantava paródias como “Doutor eu não me engano, o Bolsonaro é miliciano”. Um início de tumulto começou a se formar mas logo foi contido, de acordo com a polícia militar.

Os protestos aconteceram também em São Paulo e Brasília. O presidente Jair Bolsonaro sobrevoou a manifestação em Brasília e cumprimentou os manifestantes.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook