Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

A guerra no Rio de Janeiro continua e mais uma vez nos deparamos com a notícia da baixa de um PM. Desta vez a vítima foi o Cabo Haron, morto na Linha Vermelha após ataque de criminosos na madrugada desta quinta-feira, 15, que metralharam o veículo da corporação onde se encontravam o PM e um colega de trabalho, que também foi atingido, próximo ao acesso à Ponte Rio-Niterói.

O militar estava dentro de um carro da corporação, próximo a uma cabine desativada da PM, quando criminosos passaram atirando.

Um outro policial, que também estava no veículo, ficou ferido e foi levado ao Hospital Central da Polícia Militar, no Estácio, Região Central da cidade. 

O policial tinha 29 anos, era casado e estava na Corporação desde 2011. Ele deixa esposa e uma filha.

“Cada policial que é morto é uma sociedade inteira que leva um tiro”, Flávio Fachel, repórter do Bom Dia Rio.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook