Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Em Andhra Pradesh, no sul da Índia, o governo relacionou a morte de um homem na cidade de Eluru a uma doença ainda não identificada. De acordo com informações da mídia local The Hindu, até esta segunda-feira (7), 315 outras pessoas já haviam sido hospitalizadas na mesma região com sintomas semelhantes – incluindo 46 crianças e 70 mulheres.

Segundo relato de médicos locais os pacientes apresentaram desmaios, tonturas, dores de cabeça e sintomas de epilepsia. Após testes, está descartada qualquer ligação entre as hospitalizações com o novo coronavírus, que causa a Covid-19. Alguns pacientes já receberam alta e a maioria dos infectados se encontra em condição estável de saúde.

Originalmente, as principais hipóteses investigadas eram contaminações massivas pela água ou pela poluição do ar. No entanto, análises preliminares de amostras de sangue não detectaram infecções virais.

“Descartamos a contaminação da água ou poluição do ar como causa depois que as autoridades visitaram as áreas onde as pessoas adoeceram”, disse o ministro da Saúde de Andhra Pradesh, Alla Kali Krishna Srinivas, em pronunciamento reproduzido pela emissora britânica BBC.

“É uma doença misteriosa e apenas análises de laboratório revelarão o que é”, acrescentou Srinivas, que disse que monitora os casos com o ministro-chefe que governa o estado, Y.S. Jagan Mohan Reddy.

O presidente da Cruz Vermelha Indiana, M. Jaya Prakash, também investiga a situação nas áreas afetadas.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook