Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

O mundo todo está perplexo diante de um novo alerta da OMS (Organização Mundial da Saúde), uma nova mutação da Covid-19 observada no Reino Unido, deixou a sociedade cientifica de olhos abertos no mundo todo. A preocupação com essa nova forma da doença já fez com que ao menos 27 países proibissem voos originados do epicentro na região da Europa.

Segundo a epidemiologista da Organização Mundial da Saúde (OMS), Maria Van Kerkhove, um dos pontos principais, é que ainda não é possível prever nenhum impacto nas vacinas desenvolvidas contra essa nova versão da doença. 

Mutação da Covid-19 fecha fronteiras e acende novo alerta às vésperas do Natal

O alerta veio do Reino Unido, que classificou como “fora de controle” uma variação do novo coronavírus, em uma cepa que indica ser muito mais contagiosa do que a que se disseminava até então no país. O sinal amarelo provocou uma reação em cadeia, com diversos países anunciando restrições a viajantes oriundos do Reino Unido e de outras nações onde há indicativos ou casos confirmados dessa mutação do novo coronavírus.

O premiê britânico, Boris Johnson – Foto: Stefan Rousseau/Pool via Reuters (9.set.2020)

Em solo britânico, o primeiro-ministro Boris Johnson fez um recuo brusco na reabertura do país e anunciou uma série de novas restrições, a fim de conter a disseminação do novo coronavírus. O primeiro-ministro vinha indicando que iria no sentido contrário, flexibilizando as orientações com a proximidade das festas de final de ano. “Isso agora está se espalhando muito rápido“, alertou Johnson.

Nesta segunda-feira (20), na América do Sul,  ArgentinaChile  e  Colômbia  já tinham suspendido todos os voos diretos com origem ou destino no Reino Unido. O Equador também está considerando fortalecer as medidas para controlar a propagação do vírus. Já o Peru suspendeu todos os voos para a Europa por duas semanas.

Veja todos os países que já tomaram medidas semelhantes:

– Alemanha 
– Arábia Saudita
– Argentina
– Áustria
– Bulgária
– Bélgica
– Canadá
– Chile 
– Colômbia 
– Dinamarca
– El Salvador 
– Espanha
– França
– Guatemala
– Holanda
– Hong Kong 
– Irlanda
– Índia
– Irã
– Israel
– Itália
– Kuwait
– Letonia
– Marrocos
– Noruega
– Omã
– Panamá
– Peru
– Polônia
– Portugal
– República Dominicana
– Rússia
– Suécia
– Suíça
– Trinidad e Tobago
– Turquia 
– Uzbequistão

AustraliaÍndia e Hong Kong anunciaram nesta segunda-feira (21) que suspenderam voos saídos do Reino Unido.

O Brasil até o momento não passou nenhuma medida restritiva significante para impedir mais essa disseminação da nova forma do Covid-19.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook