Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Ao inaugurar o Centro de Comando de Controle do Quartel General, a Secretaria de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro dá mais um importante passo para aliar recursos tecnológicos de ponta com a segurança pública. De uma sala de monitoramento, quatro operadores poderão monitorar, em tempo real e 24 horas por dia, imagens captadas por cerca de mil câmeras espalhadas pela Região Metropolitana ou geradas por aeronaves do Grupamento Aeromóvel em qualquer área do território estadual, por mais remota que seja.

Entusiasta do emprego de tecnologia como ferramenta de segurança, o Secretário de Estado de Polícia Militar, Comandante Geral Rogério Figueredo de Lacerda, participou da cerimônia de inauguração do CCC e adiantou novos investimentos na área:

Em breve, vamos adquirir mais de 40 mil celulares dotados de aplicativo que fará a conexão dos policiais militares na rua com o nosso Centro de Comando e Controle. Será um ganho sem precedentes para nossa área operacional – anunciou o secretário, durante a visita à sala de monitoramento montada pela CETIC – Coordenadoria Especializada de Tecnologia da Informação e Comunicação.

O emprego de imagens e de informações que passam a circular no CCC será de grande valia para a Corporação, tanto na rotina do policiamento preventivo e ostensivo, como também em grandes eventos ou gestão de uma crise. O investimento de cerca de R$ 70 mil na nova unidade foi irrisório, se comparado aos benefícios proporcionados.

Em operações policiais com a obtenção de imagens em tempo real, por exemplo, operadores e gestores estarão em plenas condições de auxiliar as equipes no terreno. Com a obtenção de dados concretos e precisos proporcionados pela tecnologia, as possibilidades de sucesso da missão serão infinitamente maiores.

Estamos diante de um verdadeiro laboratório tecnológico da PMERJ, onde testamos e criamos mecanismos para o monitoramento de ações, inteligência artificial e gerenciamento de dados – disse o coordenador da CETIC, Coronel George de Oliveira Costa, que esteve à frente de todo o processo de estruturação e montagem da nova unidade.

Além de agilizar a atividade-fim com imagens em tempo real, o CCC abrigará e disponibilizará também informações para beneficiar outras áreas da Corporação, como pessoal, correicional, controle de armamentos e equipamentos, entre outras.

Um outro benefício gerado pela nova unidade da CETIC é o apoio ao Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), que operação em conjunto com outras instituições estaduais e municipais.

Se houver uma pane elétrica no CICC, nossa unidade assume a função, pois estamos também conectados com as câmeras da Prefeitura e, num futuro próximo, com o Serviço 190 – explicou o Coronel George.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook