Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Três detentos, em um presídio na Geórgia, nos Estados Unidos, saíram de suas celas para socorrer um policial que estava sofrendo um ataque cardíaco na última terça, 28.

As cenas de empatia e solidariedade fazem a gente restaurar a fé na humanidade. Os detentos são condenados por tráfico de drogas.

Mitchell Smalls, Terry Loveless e Walter Whitehead perceberam, pelas frestas da cela, que o policial Warren Hobbs estava inconsciente na cadeira onde trabalha. Para chamar à atenção, os presos começaram a gritar por socorro e tentar pedir ajuda, com os gritos dos detentos o guarda acordou e conseguiu destrancar as celas pelo interruptor.

Logo a seguir os detentos desceram e ligaram para a emergência que chegou em tempo hábil para prestar socorro ao policial. Em entrevista a rede CBS, Walter Whitehead, um dos detentos que ajudou a socorrer o policial, disse o seguinte:

“Não me importo se é um policial, ou quem quer que seja. Farei o que puder para salvar uma pessoa”.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook