Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Nova Iguaçu estreia na Série D neste domingo, no interior paulista

Por: Bernardo Gleizer

Foram três semanas intensas de trabalho, e agora está chegando a hora. O Nova Iguaçu estreia na Série D do Campeonato Brasileiro neste domingo, às 16h, diante do Mirassol (SP), no Estádio José Maria de Campos Maia, no interior paulista. Será o primeiro de seis jogos na primeira fase, que conta ainda com Caxias (RS) e Inter de Lages (SC) integrando o Grupo A15.

O Nova Iguaçu disputará pela segunda vez o Campeonato Brasileiro, tendo obtido a vaga com a quinta posição no Carioca do ano passado. Na primeira e única participação até então, o Orgulho da Baixada acabou eliminado na primeira fase, em 2013, na terceira posição de seu grupo, atrás de Tupi (MG) e Resende (RJ). Agora, a expectativa é de que a história seja diferente.

– Tivemos um início de ano não muito bom que foi o Estadal, mas a equipe agora já virou a página. É uma equipe remodelada, com jogadores jovens, que nos faz acreditar num futuro promissor. Temos o objetivo de colocar o Nova Iguaçu numa projeção nacional maior, ficou um gostinho bacana da Copa do Brasil e agora temos mais uma oportunidade de colocar o clube numa vitrine melhor – disse o goleiro Jefferson.

De fato, a equipe passou por uma reformulação, mas grande parte do elenco permaneceu, como o próprio Jefferson, os zagueiros Murilo Henrique e Raphael Neuhaus, os laterais Wallace e Lucas, os volantes Iuri Pimentel, Vinicius e Caio Cezar e os atacantes Dieguinho, Wescley, Luam e Robinho. Quatro jogadores foram contratados: os meio-campistas Julinho, Allan e Walber e o atacante Ailton.

Recordista de partidas com a camisa do Nova Iguaçu (179), Jefferson já tem um acesso da Série D para a Série C, em 2010, quando atuava pelo Madureira. O goleiro também esteve presente na campanha do Nova Iguaçu em 2013 e acredita que o elenco que foi montado para este ano, juntamente com a chegada da nova comissão técnica, encabeçada pelo técnico Marcus Alexandre, pode fazer bonito.

– A Série D é uma competição diferente, que tem um nível de competitividade muito grande entre as equipes. O Nova Iguaçu conseguiu igualar esse nível, com atletas e comissão técnica que estão buscando seu espaço, e tenho certeza de que hoje temos uma equipe com condições de conquistar bons resultados e avançar na competição – afirmou o camisa 1 iguaçuano.

Nova Iguaçu, Mirassol, Inter de Lages e Caxias (RS) se enfrentarão em turno e returno no Grupo A15, entre os dias 22 de abril e 27 de maio. Os melhores de cada grupo e os 15 melhores segundos colocados avançam para a segunda fase, quando começa o mata-mata. Quem chegar às semifinais conquista o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro de 2019.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook