Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Após um incêndio ocorrido há seis dias em uma composição, a empresa responsável pela administração dos trens do Rio de Janeiro, a SUPERVIA, anuncia o aumento na tarifa do transporte no valor de R$ 0,90, que passará a custar, a partir do dia 1º de julho, R$ 5,90. O incêndio ocorrido, além de assustar os passageiros, deixou três pessoas feridas no Ramal de Belford Roxo, na estação Del Castilho, zona norte do Estado.

A Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes) já havia liberado o reajuste em dezembro de 2020, planejado para ser aplicado em fevereiro deste ano. Mas, após negociação com o Governo do Estado ficou acertado o valor de R$ 5,00 para as passagens de trem em fevereiro. 

A   SuperVia alegou que o prazo para o desconto temporário se encerrou no dia 31 de maio sem definição do governo estadual para tentar encontrar uma alternativa para o reequilíbrio econômico-financeiro da concessão do transporte ferroviário. Já a Secretaria Estadual de Transportes declarou que segue com as tratativas. 

A concessionária alega que o reajuste se deu devido a redução do número de usuários dos trens durante a pandemia de covid-19. Segundo a SuperVia, o embarque de 600 mil passageiros diários foi reduzido à metade, com 300 mil pessoas sendo transportadas nos dias úteis atualmente. A empresa informa que o prejuízo é estimado em R$ 472 milhões.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook